Seja bem vindo ao nosso site Rádio Inajá FM!

Mundo da Fama

Cazuza tem 25 anos de morte lembrado em todo o Brasil

Mesmo debilitado cantor não se afastou dos palcos e estúdios

Publicada em 07/07/15 às 08:53h - 388 visualizações JC Online

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Cazuza tem 25 anos de morte lembrado em todo o Brasil
Cazuza, 25 anos de morte lembrados hoje  (Foto: JC Imagens)

"Enquanto houver burguesia/não vai haver poesia", os versos de Burguesia, também titulo do derradeiro álbum gravado por Cazuza desmentem o próprio autor. Nascido na alta burguesia carioca, o pai, João Araújo, foi presidente da Som Livre e RGE, ele foi o poeta pop da geração anos 80. Falecido há 25 anos, Agenor de Miranda Araújo Neto (nascido em 4 de abril de 1958), Cazuza morreu cedo, viveu rápido, e não deixou um cadáver bonito. Vítima do vírus HIV, ao contrário de ídolos populares, como Freddy Mercury (que morreria em consequência da AIDS no ano seguinte), ele não se recolheu para só aparecer quando os sinais da doença estavam demasiadamente evidentes para que fosse negada. Em janeiro de 1989, Cazuza e banda estenderam sua turnê final ao Nordeste, realizando ao vivo o que os Rolling Stones cantam em It's Only Rock 'n' Roll (But I Like It): "Se eu pudesse enfiar um faca em meu coração/ O suicídio bem ali no palco/seria suficiente para aplacar sua luxúria juvenil/aliviaria sua dor e apascentaria sua mente?".


Em janeiro de 1989, N palco do pavilhão do Centro de Convenções, no Recife, ele xingaria a plateia, chamando-a de "bando de pau de arara", e mandando-a àquele lugar (à noite, mesmo debilitado, passeou pelos Quatro Cantos, em Olinda). Em Maceió, num festival de Verão acontecido na praia de Pajuçara, despiu-se literalmente, em público. Arreou as calças e a cueca, ficou nu no palco, diante da plateia estupefata, que o varia quando ele teceu elogios a Fernando Collor. A turnê foi coberta pela revista Veja, numa matéria de sensacionalista, na qual não se atentou para o fato de que Cazuza mostrava a coragem de lutar até o final da vida, reunindo força para enfrentar a doença e o preconceito que ela suscitava.


O Barão Vermelho era apenas mais um dos muitos grupos de rock surgidos no começo dos anos 80, curiosamente, quase todos, no seio da burguesia de Brasília, Rio e São Paulo (sobretudo nestes três capitais). O guitarrista Frejat, o baixista Dé, o tecladista Maurício Barros, e o bateria Guto Goffi dificilmente teriam tido tanto sucesso, de público e crítica, não fosse o vocalista, de língua presa, intérprete seguro, que se revelou o melhor letrista de sua geração, o primeiro em fazer a ponte entre o Brock e a exclusivista MPB. Faz parte do meu show (parceria com Renato Ladeira), recebeu versões de vozes de estrelas dos mais variados nichos: de MPB-4 a Cauby Peixoto, de Pery Ribeiro a Nelson Gonçalves. Gal Costa e Ney avalizaram o compositor, gravando, respectivamente, Brasil e Pro Dia Nascer Feliz, enquanto Codinome Beija-Flor (com Ezequiel Neves e Leoni) continua recebendo gravações 30 anos depois de lançada, na estreia solo de Cazuza, com o LP que tem seu nome por título (de 1985).


Com palavras exatas, livre de versos pueris, regra com poucas exceções na história do rock nacional, Cazuza traduziu anseios, frustrações e desejos da geração que cresceu sob a ditadura militar. Se Pro Dia Nascer Feliz anunciava a volta da democracia no país,Brasil (parceria com George Israel e Nilo Romero) denunciou a Nova República de José Sarney & cia, em horário nobre. A canção (do álbum Ideologia) foi a música tema da novela Vale tudo, da TV Globo: "Não me convidaram/pra esta festa pobre/que os homens armaram/pra me convencer/a pagar sem ver/toda essa droga/que já vem malhada/antes de eu nascer". O burguês como porta voz da maioria silenciosa e cabisbaixa. Eu sou burguês/mas sou artista/estou do lado do povo", canta ele na citada Burguesia. O poeta vive. 




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








No Ar
Peça sua Música

Pedir
Nenhuma registro encontrado
Recados

Enviar mensagem

Sergio Reis

toca Aí Ponto fraco de joão Bosco e vinicius...

cícera de Expedito

Mando um belo abraço para vocês, eu amo vocês e estou co...

Jean Rodrigues

Manda um alô para Gilberto Inajá em 2020...

Lucas

Oiiii já tocaram MC BB da sul, só consegui ligar a r&aacut...

jose paulo oliveira da silva

sou maribondo alagoas preciso encontra minha familia que moravam ai em inja...

Anna Carla Menezes

mande um alo pra galera de Recife. WADSON MENEZES, ZELIA. ESTAMOS SEMPRE CO...

celia soares

boa tarde querida!tudo na santa paz?bom trabalho e um fim de semana aben&cc...

Edson Ferreira de Araujo

mande um alô para minha mão severina e familiar na lagoa do ar...

Top Música
Nenhuma registro encontrado

Copyright (c) 2022 - Rádio Inajá FM - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD