Seja bem vindo ao nosso site Rádio Inajá FM!

Brasil

Rússia é condenada a pagar R$ 2,3 milhões a mulher que teve mãos cortadas pelo ex-marido

O principal tribunal de direitos humanos da Europa afirma que as autoridades não a protegeram contra a violência doméstica.

Publicada em 15/12/2021 às 11:44h - 27 visualizações

Link da Notícia:
Compartilhe
   

A Rússia foi condenada a pagar mais de 370 mil euros (R$ 2,3 milhões) como indenização a uma mulher que teve as mãos cortadas pelo marido.

O Tribunal Europeu de Direitos Humanos disse que a Rússia falhou em combater a violência doméstica e ordenou que indenizasse quatro mulheres que foram brutalmente atacadas. Entre elas, está Margarita Gracheva.

O tribunal disse à Rússia para fazer mudanças urgentes na legislação para impedir tais ataques no futuro.

O relatório disse que a violência doméstica contra as mulheres está acontecendo em "escala impressionante" e que a Rússia violou dois artigos da Convenção Europeia de Direitos Humanos.

Em dezembro de 2017, o marido de Gracheva levou-a para uma floresta e cortou suas mãos com um machado.

Ela já havia contado à polícia sobre o comportamento agressivo dele, mas os policiais ignoraram suas queixas.

Sua mão esquerda mutilada foi retirada da floresta e costurada de volta. Uma prótese de mão direita foi colocada após uma campanha de crowdfunding.

Seu agora ex-marido Dmitry Grachev foi condenado e sentenciado a 14 anos de prisão.

O tribunal disse que o caso de Gracheva mostra como as leis da Rússia significam que as autoridades não detectaram abusos domésticos até que se agravem e causem ferimentos físicos. E solicitou uma definição legal de violência doméstica e a criminalização dos perpetradores.

Em 2017, o presidente Vladimir Putin assinou uma lei suavizando as penas para violência doméstica. Primeiras infrações em que a vítima não está hospitalizada deixaram de ser tratadas como infrações criminais e as penas foram reduzidas.

Três outras mulheres, Natalya Tunikova, Yelena Gershman e Irina Petrakova, também devem receber indenizações.

"Nós ganhamos!", escreveu Mari Davtyan, uma das advogadas que representam as mulheres, no Facebook.

"Cada uma dessas mulheres ficou gravemente ferida como resultado da inação do Estado na situação de violência doméstica", disse ela.

A Rússia já havia se oposto aos pedidos de indenização das mulheres.

O vice-ministro da Justiça, Mikhail Galperin, disse que o Estado russo não deve ser responsabilizado por casos de violência doméstica perpetrados por indivíduos.

G1 .

 




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
Peça sua Música

Pedir
Nenhuma registro encontrado
Recados

Enviar mensagem

Sergio Reis

toca Aí Ponto fraco de joão Bosco e vinicius...

cícera de Expedito

Mando um belo abraço para vocês, eu amo vocês e estou co...

Jean Rodrigues

Manda um alô para Gilberto Inajá em 2020...

Lucas

Oiiii já tocaram MC BB da sul, só consegui ligar a r&aacut...

jose paulo oliveira da silva

sou maribondo alagoas preciso encontra minha familia que moravam ai em inja...

Anna Carla Menezes

mande um alo pra galera de Recife. WADSON MENEZES, ZELIA. ESTAMOS SEMPRE CO...

celia soares

boa tarde querida!tudo na santa paz?bom trabalho e um fim de semana aben&cc...

Edson Ferreira de Araujo

mande um alô para minha mão severina e familiar na lagoa do ar...

Top Música
Nenhuma registro encontrado

Copyright (c) 2022 - Rádio Inajá FM - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD