Política
Publicada em 02/09/14 às 07:36h - 211 visualizações
Menos um: Maluf tem candidatura barrada pela Justiça eleitoral

O Povo com a Notícia


 (Foto: O Povo Com A Noticia)

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP)  indeferiu, nesta segunda-feira (1º), o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf (PP). O pepista busca a reeleição para deputado federal, mas  a Corte eleitoral aplicou a Lei da Ficha Limpa para barrar a sua candidatura.

 

O julgamento estava empatado em 3 votos a 3. Maluf foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP), em 2013, por suposto ato de improbidade administrativa. Esse foi o motivo do indeferimento de sua candidatura.

 

Em sua gestão (1993-1996), o político autorizou a contratação das obras do Túnel Airton Senna, na zona Sul da Capital. O Ministério Público Estadual apontou superfaturamento e pagamentos ilegais relativos à medição 72 (consolidação do solo).

 

Em valores atualizados para 2013, esses desembolsos representaram R$ 21 milhões de prejuízo ao Tesouro. A Lei da Ficha Limpa impõe que o candidato deve ser barrado quando age com dolo que implica em dano ao erário e em enriquecimento ilícito. Essas condições - seis ao todo - são cumulativas, não alternativas. No julgamento do TJ, o dano foi reconhecido pelos desembargadores, mas não o enriquecimento ilícito de Maluf.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





No Ar
Agito 87 com Ozangela Rodrigues
Peça sua Música


Nenhuma pedido cadastrado


Top Música


Nenhuma Música cadastrada



Curta nossa página no Facebook!

Copyright (c) 2019 - Rádio Inajá FM - Todos os direitos reservados