Mundo da Fama
Publicada em 09/10/19 às 14:36h - 2 visualizações
Naiara Azevedo se defende após acusação de plágio: 'Não roubei a música de ninguém'
Cantora usou as redes sociais para falar sobre a canção ‘Manda Áudio’. Faixa já havia sido gravada pelo grupo Di Propósito, que diz: 'Ela não poderia gravar com o mesmo arranjo'.

Rádio Inajá FM


Naiara Azevedo usou as redes sociais para falar sobre a polêmica de uma gravação musical.

Nesta terça-feira (8) a cantora compartilhou nas redes sociais um trecho da filmagem do videoclipe de "Manda Áudio", música gravada em parceria com Dilsinho. Segundo a assessoria da cantora, a música e o vídeo serão lançados em 25 de outubro.

Mas a banda Di Propósito não gostou do que viu. Isso porque o grupo lançou o vídeo de trabalho da música em agosto de 2019.

A música não é nem de Naiara nem da banda. O registro do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) mostra que os compositores são Bruno Mandioca – bastante conhecido por suas composições no meio sertanejo -- Clausio Do Cavaco e Joao Matheus.
Ainda assim, o grupo se posicionou nas redes sociais.

"Por que não fomos convidados? Não tínhamos noção de onde nosso som tá chegando e que está agradando tanto as pessoas. Inclusive, regravando com o mesmo arranjo, né? Criatividade. Teria mais a ver se tivesse nos convidado, né Naiara?”.

O G1 entrou em contato com o advogado do grupo, que informou que a cantora "em momento nenhum procurou nossa banda”.

"A música não é composição nossa. Nós apenas compramos o direito de gravá-la, então qualquer outro grupo/músico poderia comprar tal direito e gravá-la."

"A questão é que todo o arranjo musical foi feito pelo Boris e pelo Jota Morais, que são dois produtores musicais que nos apoiam e de grande renome."

"Logo, a Naiara não poderia gravar a música com o mesmo arranjo sem a nossa autorização."

O que diz Naiara

Em uma série de vídeos, Naiara explicou que:

sabia que um grupo de pagode já havia gravado a música

mas nunca tinha ouvido a versão deles, pois só recebeu a versão dos compositores: "Recebi uma guia, um playback com a música dos compositores, gostei da música e decidi gravar"

comprou a exclusividade da música: "Paguei a música e todos os direitos dela. Então primeira parte da polêmica esclarecida. Não roubei a música de ninguém"

por enquanto, ela só colocou a voz na música, que não está com o arranjo finalizado: "A música não foi lançada. E a produção dela também não é do grupo de pagode. É de um produtor maravilhoso, respeitadíssimo no meio musical, que é o Boris."

E completa:

"Eu sinto muito por vocês terem se antecipado e se posicionado dessa forma a respeito dessa música".

"Vocês sabem muito bem que não existe nada de irregular ai. Vocês foram um pouco afoitos, porque a música não foi lançada, não existe nada de irregular."

g1.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





No Ar
Mistura Brasileira com Leandro Bruno - RMT 18169/DF
Peça sua Música


Nenhuma pedido cadastrado


Top Música


Nenhuma Música cadastrada



Curta nossa página no Facebook!

Copyright (c) 2019 - Rádio Inajá FM - Todos os direitos reservados