No Ar
Deixa Rolar com Juliane Silva
Peça sua Música

  • arnaldo ildefonso de araujo
    Cidade: inaja-pe
    Música: marco antonio
  • Rosely Araújo
    Cidade: aldeia tear
    Música: Eduardo Costa Um louco
  • sâmara
    Cidade: recife
    Música: siceridade alisson e neide
  • Maria Queiroz
    Cidade: Aldeia Tear
    Música: marcos e belutti mais um ano juntos
  • Alex Sanchéz
    Cidade: Inajá-pe
    Música: Alô dono do bar. Devinho novais
  • Paulo
    Cidade: Santo André
    Música: Desejo De menina só pra você..... Ofereço para minha mãe edileide minha sogra Janinha e minha vó e para todos que ouvem
Publicidade Lateral
Top Música
1
Amante Não Tem Lar
Marília Mendonça
2
Trem Bala
Ana Vilela & Luan Santana
3
Nessas Horas
Matheus & Kauan
4
Ar Condicionado no 15
Wesley Safadão!
5
Cadeira de Aço
Zé Neto & Cristiano
6
Chorou Na Escadaria
João Neto e Frederico
7
Chifre não é Asa
Thayná Bitencourt & Mano Walter
8
Você Partiu Meu Coração
Nego do Borel & Anitta & Wesley Safadão
9
Se o Amor Tiver Lugar
Jorge & Mateus

Brasil e Mundo
Publicada em 01/04/16 as 09:42h - 354 visualizações
Com bandeira verde, conta de luz fica sem cobrança extra a partir de hoje
Produção de energia está em situação mais favorável, aponta Aneel. Bandeira é verde pela 1ª vez desde que o sistema entrou em vigor.

G1


 (Foto: G1)

As contas de luz ficam um pouco mais baratas a partir desta sexta-feira (1º). Isso porque, com a entrada em vigor da bandeira tarifária este mês não haverá custo adicional para os consumidores. Até março, estava em vigor a bandeira amarela, que estabelece uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos. Esta é a primeira vez desde que o sistema de bandeiras entrou em vigor, em janeiro de 2015, que a bandeira cai para verde. A passagem significa que a situação da produção de energia do país está mais favorável. Segundo a Aneel, houve aumento de energia disponível com redução da demanda; e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro.


A eliminação da cobrança extra em abril não significa que o sistema de bandeiras tarifárias será abolido. Se no futuro o governo necessitar ligar mais usinas térmicas novamente, a cobrança será retomada.


Em 2015, os brasileiros pagaram um total de R$ 14,712 bilhões a mais nas contas de luz devido à cobrança da bandeira tarifária.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Curta nossa página no Facebook!

Copyright (c) 2018 - Rádio Inajá FM - Todos os direitos reservados